Conheça a autopeças Ribeirão Latas. A melhor opção em latarias automotivas em Goiânia para todo Brasil!

O que é Máscara de Proteção?

A máscara de proteção é um equipamento de proteção individual (EPI) utilizado para cobrir o nariz e a boca, com o objetivo de reduzir a exposição a partículas suspensas no ar, como vírus, bactérias, poeira e poluentes. Ela é amplamente utilizada em diversos setores, como na área da saúde, indústria, construção civil e até mesmo no cotidiano das pessoas, especialmente em situações de pandemia, como a atual causada pelo coronavírus.

Tipos de Máscaras de Proteção

Existem diferentes tipos de máscaras de proteção disponíveis no mercado, cada uma com suas características e níveis de proteção. Entre os principais tipos, destacam-se:

Máscaras Cirúrgicas

As máscaras cirúrgicas são as mais comuns e amplamente utilizadas em ambientes hospitalares. Elas são descartáveis e possuem três camadas de proteção, sendo uma camada externa de material impermeável, uma camada intermediária de material filtrante e uma camada interna de material confortável para o contato com a pele. Essas máscaras são eficazes na redução da propagação de gotículas respiratórias, mas não oferecem uma proteção completa contra partículas menores, como os vírus.

Máscaras N95

As máscaras N95 são consideradas as mais eficientes na filtragem de partículas suspensas no ar. Elas possuem uma capacidade de filtragem de pelo menos 95% das partículas com diâmetro aerodinâmico igual ou superior a 0,3 mícrons. Essas máscaras são ajustadas ao rosto e possuem um sistema de vedação que impede a entrada de partículas pelo contorno da máscara. São amplamente utilizadas por profissionais de saúde em ambientes de alto risco, como em procedimentos cirúrgicos e no tratamento de pacientes com doenças respiratórias contagiosas.

Máscaras de Tecido

As máscaras de tecido são uma opção mais acessível e sustentável em comparação com as máscaras descartáveis. Elas são confeccionadas em tecidos de algodão, poliéster ou outros materiais, e podem ser lavadas e reutilizadas. No entanto, é importante ressaltar que a eficácia dessas máscaras pode variar dependendo do tipo de tecido utilizado e da forma como são utilizadas. Recomenda-se que as máscaras de tecido possuam pelo menos duas camadas de tecido e sejam ajustadas corretamente ao rosto para garantir uma proteção adequada.

Máscaras PFF2

As máscaras PFF2, também conhecidas como máscaras FFP2, são semelhantes às máscaras N95 em termos de eficiência de filtragem. Elas possuem uma capacidade de filtragem de pelo menos 94% das partículas com diâmetro aerodinâmico igual ou superior a 0,3 mícrons. Essas máscaras também possuem um sistema de vedação que impede a entrada de partículas pelo contorno da máscara. São amplamente utilizadas em ambientes de trabalho com exposição a poeiras, fumos metálicos e aerossóis.

Como Utilizar a Máscara de Proteção Corretamente?

A utilização correta da máscara de proteção é essencial para garantir sua eficácia na redução da exposição a partículas suspensas no ar. Algumas recomendações importantes são:

Lave as mãos antes de colocar a máscara

Antes de colocar a máscara, é fundamental lavar as mãos com água e sabão ou utilizar álcool em gel 70% para higienizá-las adequadamente. Isso evita a contaminação da máscara e a transmissão de microrganismos para o rosto.

Cubra completamente o nariz e a boca

A máscara deve cobrir completamente o nariz e a boca, sem deixar espaços abertos. Isso garante que as partículas suspensas no ar sejam filtradas adequadamente e não entrem em contato com as vias respiratórias.

Ajuste a máscara ao rosto

A máscara deve ser ajustada corretamente ao rosto, de forma a garantir uma vedação adequada. Verifique se não há espaços entre a máscara e o rosto, especialmente nas laterais.

Evite tocar na máscara durante o uso

Evite tocar na máscara durante o uso, pois isso pode contaminá-la e comprometer sua eficácia. Caso seja necessário ajustar a máscara, lave as mãos antes e utilize álcool em gel 70% para higienizá-las.

Troque a máscara regularmente

As máscaras descartáveis devem ser trocadas a cada 4 horas de uso ou sempre que estiverem úmidas. Já as máscaras de tecido devem ser trocadas a cada 2 horas ou sempre que estiverem úmidas. Após o uso, as máscaras devem ser descartadas corretamente ou lavadas e higienizadas adequadamente.

Conclusão

A máscara de proteção é um importante EPI utilizado para reduzir a exposição a partículas suspensas no ar, como vírus e bactérias. Existem diferentes tipos de máscaras disponíveis, cada uma com suas características e níveis de proteção. É fundamental utilizar a máscara corretamente, cobrindo completamente o nariz e a boca, ajustando-a ao rosto e evitando tocar nela durante o uso. Além disso, é importante trocar a máscara regularmente, seguindo as recomendações de cada tipo. Ao utilizar a máscara de proteção de forma adequada, contribuímos para a proteção da nossa saúde e a redução da propagação de doenças contagiosas.

× Available on SundayMondayTuesdayWednesdayThursdayFridaySaturday